Dias de ser mais inteligente

Mais uma de 2017 - DOR

 

Quando dói, dói.

Não há mais nada a fazer.

Não há porque mentir o pungente.

Não se faz questão de sofrer.

Não se finge estar contente.

A dor não desgraça

se fala e passa.

Dói, deixando vergonha na gente.

É uma verdade que brota e invade

e limpa o caminho da frente.

Doer sem correr para as vaidades,

na realidade, encurta o tempo.

Doer sem medrar.

Dor pra não segurar.

Dias de ser mais inteligente.