Técnica

Esse aqui não está no "Silêncio Absoluto", futuro livro de poemas a ser lançado no meio do ano (oba!!!), mas está no ar... =)

Cantar, cantar, cantar
até poder calar.
Pensar, pensar, pensar
até poder sentir.
Sentir, sentir, sentir
até se libertar.
Fazer, fazer, fazer
até poder parar.
Saber, saber, saber
até se esquecer.
Mudar, mudar, mudar
até poder só ser.
Estar, estar, estar
até se integrar.
Morrer, morrer, morrer
até poder nascer.